7 de novembro de 2018

Tarte de nozes pecã



E já há muito que não participava no desafio das queridas Lia e Susana que tanto gosto!
Nesta edição do Sweet Word Challenge o tema era a famosa pecan pie!
Trago aqui a minha, que ficou deliciosa. Gostei tanto da base crocante como do recheio delicioso! Alterei por completo a receita da base mas gostei muito do resultado!
Levei-a para um jantar de família e foi tão bom comer uma fatia com uma bola de gelado enquanto conversamos pela noite dentro :)


Receita baseada em: Tartes caseiras - Linda Lomelino - Tarte de nozes pecã com massa filo - pag 129

Ingredientes:
Para a base:
- 6 colheres de sopa de farinha de pinhão
- 2 colheres de sopa de farinha de alfarroba
- 3/4 chávena de farinha de espelta integral
- 1 colher de sopa de açúcar de coco
- sal
- 150g de manteiga fria
- 2-4 colheres de sopa de água gelada
Para o recheio:
- 50g de manteiga
- 1/2 chávena de açúcar de coco
- 3 ovos grandes
- sal
- 150g de nozes pecã


Preparação:
1 - Misturar as farinhas, o açúcar e o sal.
2 - Cortar a manteiga aos cubismos e juntar a mistura, trabalhando com a ponta dos dedos até esfarelar.
3 - Adicionar a água (começar com uma colher de sopa e juntar mais, aos poucos, caso a massa esteja seca). Se pegar num pouco de massa e ela se mantiver ligada quando apertar tem líquido suficiente.
4 - Cubrir a massa com película aderente e levar ao frigorífico pelo menos 1h.
5 - Entretanto torrar as nozes pecã, pré-aquecendo o forno a 150º e colocá-las lá num tabuleiro forrado com papel vegetal durante cerca de 12min, até ganharem um pouco de cor. Deixar arrefecer.
6 - Para o recheio, derreter a manteiga e reservar.
7 - Bater o açúcar com os ovos e o sal. Adicionar a manteiga derretida e misturar bem.
8 - Estender a massa na tarteira e reservar o que sobra para decorar as bordas. Estender o que sobra e com um cortador de bolachas cortar várias flores/estrelas e colocar nos bordos da tarte. Picar o fundo com um garfo e levar 10min ao forno pré-aquecido anteriormente a 180º.
9 - Baixar o forno para os 150º e verter o recheio sobre a base da tarte, dispor as nozes pecã sobre o recheio e levar ao forno cerca de 40min.



16 comentários:

  1. ficou mt bonita ja comia essa fatia hummm bjs

    ResponderEliminar
  2. Querida Joana: ficou linda a tua tarte e gostei muito das alterações que fizeste. Também nunca mais consegui participar destes desafios, embora vá guardando algumas receitas que me parecem imperdíveis. Esta tarte é uma delas. Deve ser muito saborosa.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  3. Ficou com um aspecto maravilhoso, nunca comi mas não me importava nada de provar! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  4. Hello, querida Joana!
    Bela participação, sua tarte ficou maravilhosa, amo nozes pecã!
    Amei o teu vestido, vermelho lindo!

    Beijinhos ♥

    ResponderEliminar
  5. Que tarte fantástica!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  6. Ainda nao fiz mas queria ver se participava.
    Que rica tarte.

    Beijinhos,
    Clarinha
    https://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.com/2018/11/empadao-especial.html

    ResponderEliminar
  7. Olá, querida Sofia!

    Se és a "menina", k estás de vermelho, só te digo k és distinta e mto elegante.

    Qto à tua receita, como sempre invulgar e a tender para o pouco calórico. Estive a pesquisar o k era a noz pecã e tem um monte de benefícios para a saúde e é recomendadíssima pelos chineses.

    Adorei o aspeto da tarte, mas talvez substituir o açúcar, no meu caso, por adoçante.

    Beijinhos e bom week-end.

    ResponderEliminar
  8. Que grande tentação!!
    Beijinhos.
    http://www.opecadomoraemcasa.pt/

    ResponderEliminar
  9. Oi, Joana!

    Linda e deliciosa!! Imagino que fique perfeita acompanhada de uma bola de sorvete...

    Abraços, Cris

    ResponderEliminar
  10. Meu deus Joana eu acabei de almoçar e estou salivando por uma sobremesa assim, imagina com sorvete? Socorro eu quero ♥

    Beijão,
    Quase Mineira

    ResponderEliminar
  11. Muito obrigada a todos pelos comentários :)
    Um grande beijinho

    ResponderEliminar
  12. Joaninha, adorei o teu regresso, a tua participação e as alterações à receita. Assim fininha e crocante dá mesmo vontade de trincar. :)
    Farinha de pinhão é algo que nunca usei mas imagino bem bom. Fiquei curiosa.
    Ficou linda a tua tarte. Muito Obrigada por te juntares a nós neste tema.

    Bjinhos grandes

    ResponderEliminar