13 de agosto de 2018

Panquecas de grão com salsa de milho, pepino, cebola e rabanetes


Quando comecei com as intolerâncias ao trigo comprei vários livros "gluten free" e alguns foram verdadeiros achados!
O "Chickpea flour does it all" foi a Inês (Ananás e Hortelã) que me falou dele enquanto comíamos um geladinho na Emanha depois de ir ver uma exposição fantástica dela! :) Falou nele e deixou-me com a pulga atrás da orelha!


Encomendei-o e não me arrependi! Já fiz tantas coisas que resultam sempre tão bem!
Estas panquecas são uma delícia :)
Simples, rápidas e super saborosas!
Juntamente com esta salsa fica um almoço leve e tão bom!


Receita baseada em "Chickpea flour does it all" - Lindsay Love - Spiced chickpea pancakes with charred corn and radish salsa - pag 120

Ingredientes:
Para a salsa:
- 1 chávena de milho
- 3 rabanetes
- 1/2 cebola roxa
- 1/2 pepino
- 1 pimento vermelho bebé
- coentros
- sumo de 1/2 limão
- sal
Para as panquecas:
- 180mL de leite de amêndoa
- 90g de farinha de grão
- 1 colher de chá de paprica
- 1/2 colher de chá de pimenta branca
- 1/2 colher de chá de cominhos
- 1 colher de sopa de azeite
- 1/2 colher de sopa de vinagre de sidra
- 1 ovo


Preparação:
1 - Picar a cebola roxa e cortar os rabanetes, o pimento vermelho e o pepino em pedaços bem pequeninos. Juntar o milho, os coentros picados e temperar com sal e sumo de limão. Misturar e reservar no frigorífico.
2 - Para as panquecas juntar o leite com o vinagre e deixar a mistura repousar por 10min.
3 - Numa taça grande misturar a farinha, a paprica, a pimenta branca e os cominhos.
4 - Adicionar o leite à mistura das farinhas, o azeite e o ovo e misturar bem. Deixar a mistura repousar durante 15-20min.
5 - Numa frigideira anti-aderente bem quente colocar um fio de azeite. Depois, adicionar 2 colheres de sopa da mistura para cada panqueca. Cozinhar durante cerca de 2min de cada lado ou quando se formam bolhas à superfície virar para cozinhar do outro lado.
6 - Colocar as panquecas num prato e cobrir com a salsa e mais coentros picados.


30 de julho de 2018

Pudim de chia com manga

Quando era mais nova havia frutas com as quais implicava, lembro-me bem da manga e do ananás! O ananás mudou quando comi o dos Açores e adorei, desde aí que gosto imenso de ananás! A manga não sei... não entendo como é possível não gostar de manga eheh! Hoje em dia é das minhas frutas preferidas!
Nesta altura do ano sabem bem lanches e pequenos almoços frescos!
Estes pudins são perfeitos! Preparam-se na véspera e ficam deliciosos!


Ingredientes:
- 2 mangas
- 2 colheres de sopa de chia
- 1 copo de leite de amêndoa não doce
- 1 colher de chá de açafrão
- 2 colheres de chá de lucuma


Preparação:
1 - Triturar uma das mangas até formar puré e colocar na base dos frascos.
2 - Juntar todos os restantes ingredientes, chia, leite, açafrão e lucram e distribuir a mistura pelos 2 frascos, por cima do puré de manga. Colocar no frigorífico e deixar durante a noite.
3 - Cortar a outra manga em pedaços pequenos e colocar sobre o pudim.


23 de julho de 2018

Barras geladas de banana e manteiga de caju


Gosto das sobremesas saudáveis! Não com isto quero dizer que não gosto das pecaminosas porque também gosto dessas!
Mas há muita gente que torce o nariz quando se diz que é uma sobremesa saudável, sem açúcares!
Eu adoro banana e adoro adoçar as coisas com banana e usar manteigas de frutos secos!
Estas barras são deliciosas e são perfeitas para os dias mais quentes, uma vez que são fresquinhas!! Convém sairem do congelador um pouco antes de comer para não ficarem muito rijas e depois é só desfrutar sem qualquer sentimento de culpa!


Receita baseada em: leefromamerica

Ingredientes:
Para a base:
-1/2 chávena de flocos de aveia
- 1 chávena de cajus
- 1/3 chávena de nozes
- 1/3 chávena de amêndoas
- 1 colher de sopa de mel
- 1 colher de sopa de óleo de coco
- 3 colheres de sopa de água
Para o recheio:
- 2 bananas maduras
- 1/2 chávena de cajus
- 1/2 chávena de manteiga de caju
Para o topping:
- rodelas de banana
- pepitas de chocolate


Preparação:
1 - Forrar uma forma rectangular com papel vegetal.
2 - Juntar os ingredientes sólidos da base e triturar grosseiramente. Adicionar os ingredientes líquidos e misturar bem.
3 - Colocar a mistura na base da forma e pressionar com os dedos.
4 - Para o recheio esmagar as bananas e juntar com a manteiga de caju e com os cajus previamente triturados. Colocar sobre a mistura da base.
5 - Sobre esta mistura colocar rodelas de banana e pepitas de chocolate a gosto.
6 - Levar ao congelador pelo menos 5horas.
7 - Retirar do congelador e cortar em barras ou em quadrados.
(Retirar sempre uns minutos antes de comer)


16 de julho de 2018

Tarte de tomate com pesto e queijo cabra


O ano passado os tomates abundaram por estes lados!
Uma senhora levava semanalmente um saco enorme de tomates cherry, mais os tomates que vinham da minha avó... uma maravilha!
Aproveito sempre e faço molho para o ano inteiro e congelo! Também congelo tomates inteiros :)
Mas apesar de não ser a maior fã de tomate cru, adoro-o no forno!
Este ano os tomates ainda não são muitos mas já começam a aparecer :) E esta tarte ficou maravilhosa! A combinação do tomate com o queijo cabra resulta muito bem!
Gostei de usar o azeite aromatizado com orégãos na base da tarte, deixou-a com um sabor ainda melhor! :)


Receita baseada em: Healthy baking - Jordan Bourke - thyme and tomate tarte Tatin - pag 126

Ingredientes:
Para a base:
- 220g de farinha de espelta
- 1/2 colher de chá de sal
- 80g de azeite virgem extra com orégãos Quinta de Jugais
- 20g de água
Para o recheio:
- 2 colheres de sopa de pesto
- 30 tomates cherry
- 1 colher de chá de alho em pó
- 1 colher de chá de vinagre balsâmico
- 1 colher de chá de azeite virgem extra com orégãos Quinta de Jugais
- 30g de queijo cabra
- folhas de manjericão


Preparação:
1 - Preparar a base juntando a farinha, o sal e o azeite num processador de alimentos e misturar até que forme uma espécie de areia.
2 - Adicionar a água e misturar com as mãos até formar uma bola. Reservar no frigorífico por 30min.
3 - Cortar os tomates ao meio e colocá-los numa taça com azeite, vinagre e alho em pó e uma pitada de sal e umas folhas de manjericão.
4 - Entretanto forrar uma forma com papel vegetal e colocar a massa a toda a volta da forma.
5 - Colocar o pesto sobre a massa e os tomates.
6 - Levar ao forno a 200º cerca de 40min.
7 - Esfarelar queijo cabra sobre a tarte quando a retirar do forno e colocar umas folhas de manjericão por cima.