7 de dezembro de 2016

Lussekatter (Saint Lucia Saffron Buns)



Este mês pede muitas idas à cozinha, muitos cheirinhos bons a Natal :)
Cores lindas, fornos ligados que até aquecem a alma!
Pães, bolos rainha, bolachas... muitos frutos secos e especiarias! Tudo é bem-vindo! 


Voltei a participar Sweet World das queridas Lia e Susana. Esta edição pedia uns rolinhos suecos de açafrão que já há muito andava para fazer!
Não me desiludi!
São óptimos. Pouco doces e tão bons :)
Quentinhos então nem vos conto... desapareceram em três tempos!


Receita baseada em: callmecupcake

Ingredientes:
- 0,5g de açafrão
- 1 colher de sopa de açúcar mascavado
- 1 colher de sopa de sumo de limão
- 2/3 chávena de buttermilk (leite de amêndoa com umas gotas de sumo de limão)
- 60g de açúcar amarelo
- 1 ovo grande
- sal
- 50g de manteiga à temperatura ambiente
- 20g de manteiga de amêndoa à temperatura ambiente
- 17g de fermento fresco
- 400g de farinha sem glúten
- ovo para pincelar
- figos secos cortados em pedaços


Preparação:
1 - Juntar o açafrão com o açúcar mascavado e o sumo de limão. Misturar e reservar pelo menos 20min.
2 - Aquecer o buttermilk até que esteja morno/quente (37º).
3 - Juntar o buttermilk ao fermento e misturar.
4 - Adicionar o ovo, o açúcar e o sal e misturar bem.
5 - Juntar metade da farinha.
6 - Adicionar as manteigas e posteriormente a restante farinha.
7 - Formar uma bola com a massa e deixar repousar numa taça com um pano por cima num local morno durante cerca de 60-90min até à massa dobrar de tamanho.
8 - Dividir a massa em 18 pedaços e enrolar a massa formando uma tira. Esmagá-la e enrolar de cada lado, formando um "S".
9 - Colocar um pedaço de figo seco no centro.
10 - Cobrir com um pano e deixar repousar mias 45min.
11 - Pincelar com ovo.
12 - Levar ao forno pré-aquecido anteriormente a 250º durante 8min.


1 de dezembro de 2016

Gingerbread cookies sem glúten



Chegamos a um dos meses mais encantadores do ano!
As decorações nas cidades, as iluminações tornam tudo um encanto! O prazer de estar com a família toda é das coisas mais bonitas!
Confesso que odeio os shoppings, odeio as confusões geradas à volta das prendas! Acho mais querido prendas personalizadas, feitas por nós! Este mês vou trazer algumas sugestões!
Umas bolachinhas sabem sempre bem e porque não oferecer?


Já sinto uma felicidade de pensar na noite de Natal em família! Gosto tanto!
Antigamente na minha família materna jantávamos e ficávamos horas à conversa, as prendas só começavam a ser distribuídas à meia noite e prolongavam-se pela noite dentro!
Agora não. Os meus avós há uns anos começaram a pedir para antecipar e agora já temos dois pequeninos na família! Uma bem pequenininha e um traquina com dois anos que não aguenta até tão tarde!
Adoro o Natal em família à volta da lareira e com horas de conversa e coisinhas boas para comer!


Receita baseada em: ourfoodstories

Ingredientes:
- 50g de óleo de coco
- 50g de manteiga de amendoim
- 150g de açúcar de coco
- 100g de mel
- 400g de farinha de arroz
- 50g de farinha de tapioca
- 1 colher de chá de gengibre
- 1 colher de chá de canela
- 1 colher de chá de cacau
- 1/2 colher de chá de cardamomo
- 1/4 colher de chá de noz moscada
- sal
- 2 ovos pequenos
Para a cobertura:
- 1/2 chávena de açúcar em pó
- 1 1/2 colher de sopa de sumo de limão
- raspa de 1/2 limão


Preparação:
1 - Colocar num tacho o óleo de coco, a manteiga de amendoim, o açúcar de coco e o mel. Levar ao lume até que o açúcar esteja derretido e a mistura esteja líquida. Deixar arrefecer.
2 - Misturar as farinhas, o gengibre, a canela, o cacau, o cardamomo, a noz moscada e o sal.
3 - Aos poucos juntar a mistura líquida às farinhas e misturar bem com as mãos.
4 - Juntar os ovos e misturar até que esteja tudo bem ligado.
5 - Colocar a massa em forma de uma bola em película aderente durante a noite no frigorífico (ou pelo menos 1h).
6 - Estender a massa numa superfície polvilhada e cortar os biscoitos com as formas pretendidas.
7 - Levar ao forno pré-aquecido anteriormente a 180º durante cerca de 12min.
8 - Para a cobertura misturar todos os ingredientes e colocar sobre as bolachas com a decoração pretendida.


28 de novembro de 2016

Rolinhos de maçã e canela sem glúten


Como já disse adoro a fruta na altura dela, é tão melhor, tão mais saborosa :)
E com tantas maçãs na fruteira e sendo uma fruta que adoro em docinhos no Outono não resisti a uns rolinhos de maçã e canela num domingo em que frio lá fora se fazia sentir!
Muitas farinhas novas, muitas experiências sem glúten, um forno ligado a aquecer a casa e um cheirinho bom pela cozinha!


Enquanto isso preparava o caramelo salgado de tâmara! Tão bom, sabe mesmo bem e não é pecaminoso! Eu adoro caramelo! Podemos chamar-lhe caramelo saudável? :)
Sairam do forno uns rolinhos bons, que não cresceram muito mas ficaram tão saborosos :) Regados com o caramelo nem vos digo o bem que me souberam!!


Receita adaptada de: twiggstudios
Receita da massa: Decadent Gluten Free Vegan Baking - Yeast-Free Cinnamon Buns - pag 88

Ingredientes:
- 100g farinha de aveia
- 200g farinha de millet
- 100g farinha de tapioca
- 50g farinha araruta
- 50g farinha de teff (MyProtein)
- 50g açúcar amarelo
- 1 colher de chá de fermento
- 1 colher de chá de bicarbontato de sódio
- sal
- 350mL leite amêndoa
- sumo de 1/2 limão
- 50g de manteiga
Para o recheio:
- 100g de açúcar amarelo
- 2 colheres de sopa de canela
- 1 maçã
- 25g de manteiga
Para o caramelo de tâmara salgado:
- 1/3 chávena de tâmaras trituradas
- 1/3 chávena de leite de amêndoa
- 1 colher de sopa de manteiga
- 2 colheres de sopa de queijo quark


Preparação:
1 - Pré-aquecer o forno a 220º.
2 - Juntar os ingredientes secos.
3 - Numa taça juntar o leite com a manteiga derretida e o sumo de limão e ir juntando aos poucos à mistura dos ingredientes secos, misturando muito bem até que a massa fique pronta para trabalhar.
4 - Para o recheio derreter a manteiga, reservar. Cortar a maçã aos pedaços, reservar. Misturar o açúcar com a canela, reservar.
5 - Estender a massa em forma de rectângulo. Sobre ela espalhar com um pincel a manteiga derretida, colocar umas colheradas da mistura do açúcar com a canela e por fim colocar a maçã. (Não colocar demasiado junto de uma das pontas uma vez que vamos enrolar)
6 - Enrolar a massa e ir cortando em vários rolos.
7 - Dispor numa forma forrada com papel vegetal e levar ao forno a 180º durante cerca de 40min.
8 - Para o caramelo colocar o leite com a pasta de tâmara num tacho e levar ao lume até engrossar. Juntar a manteiga e misturar bem. Deixar arrefecer um pouco e juntar o queijo, misturando bem.


22 de novembro de 2016

Sopa de beringela e tomate assados com salicórnia e amêndoa


Hoje há um ingrediente novo no meu blogue!
Um ingrediente que eu desconhecia até há pouco mas que fiquei muito contente de conhecer!
A salicórnia! Conhecem?
Também é conhecida como espargo marinho, uma planta bem carnuda, suculenta e saborosa que é levemente salgada (100g de salicórnia equivalem a 2g de sal).
Pode ser usada crua ou cozinhada e pode ser usada como substituto do sal.
Se quiserem saber mais sobre a salicórnia podem ver no site riafresh (facebook).


Confesso que sou consumidora de sopas o ano inteiro mas no Inverno é quando me sabem melhor!
Chegar do trabalho com este frio e aquecer uma sopa e comê-la bem quentinha é das coisas que me sabe melhor :)
Esta sopa é diferente, bem agradável, uma sopa quente só com produtos da horta! As beringelas de uma cliente, os tomates e o pimento da mãe do J. e as cebolas da minha avó!
Coloquei pouco sal pois usei a salicórnia, que além de dar um toque especial à sopa acaba por substituir o sal. Adorei esta plantinha :)


Receita baseada em: makingthymeforhealth

Ingredientes:
- 4 beringelas pequenas
- 6 tomates pequenos
- 2 cebolas pequenas
- 3 dentes de alho
- 1/4 pimento vermelho
- azeite
- 1/2 colher de chá de sal
- 1/2 colher de chá de paprica
- 1L de água
- salicórnia riafresh
- amêndoa em lascas torrada


Preparação:
1 - Cortar as beringelas, os tomates, as cebolas, o pimento e o alho, salpicar com sal e paprica e regar com um fio de azeite. Levar ao forno a 200º cerca de 30min.
2 - Colocar os vegetais num tacho com a água e deixar ferver. Triturar muito bem.
3 - Servir com salicórnia cortada aos pedaços e com amêndoa torrada.