29 de abril de 2020

Pão de banana com pepitas de chocolate

Gosto de pão de banana... é uma espécie de bolo sem culpa! Costumo ter sempre no congelador para quando me dá a gula!
E no domingo acordei com vontade de um pão de banana torrado com manteiga de amendoim. Deparei-me com as últimas fatias... Comi-as, consolada!
E porque não fazer outro, já que acabei com este!
Assim foi... Outra receita, outro pão maravilhoso! Este mais guloso, com as pepitas de chocolate!
Espero que gostem


Receita baseada em "The Savvy Cook" - Isy Hosscak - Banana Bread - pag 194

Ingredientes:
- 3 bananas maduras
- 250g de queijo quark
- 25g de manteiga de amendoim
- 25g de mel
- 60g de farinha de avelã
- 60g de farinha de grão de bico
- 1 colher de chá de fermento
- 90g de flocos de aveia
- 1 colher de sopa de canela
- 50g de pepitas de chocolate a 70%



Preparação:
1 - Esmagar as bananas e juntar com o queijo quark, manteiga de amendoim e mel.
2 - Adicionar à mistura as farinhas, o fermento, os flocos de aveia e a canela.
3 - Envolver as pepitas de chocolate à mistura.
4 - Colocar numa forma forrada com papel vegetal, polvilhar o topo com canela e levar ao forno, pré-aquecido anteriormente a 180º, durante cerca de 40min.

20 de abril de 2020

Croquetes de curgete e quinoa



Os dias continuam loucos!
O tempo desaparece num instante!
Se se torna cansativo estar em casa fechado, acreditem que também se torna (e muito) cansativo trabalhar a este ritmo!
Depois de sair do trabalho, de passar nos meus avós e nos meus pais (que são vizinhos), chega a hora de chegar a casa, para almoçar, por vezes perto das 16h.
Mas não, chega-se a casa e há todo um ritual, tirar sapatilhas à entrada que ficam do lado de fora. Despir à entrada de casa... Passar as mãos com álcool-gel, o telemóvel, as chaves do carro e de casa com álcool e seguir para o banho. Um banho que sabe lindamente, mas cheio de fome à mistura... a pensar em comida! Lava-se o cabelo e vai-se para a cozinha ainda com ele molhado!
Finalmente a hora de comer... houve dias que essa hora chegou mesmo a ser às 18h. Agora já está mais normalizada! Secar o cabelo... e pronto...
Os dias são assim... Passam num instante e aquele abraço que queremos, aquele aconchego, aquela companhia... não existe!
Espero que estes dias passem rápido!


Deixo-vos hoje uns croquetes óptimos... rendem muito e são óptimos para ter no congelador e depois ser só aquecer... Naqueles dias em que chegamos esfomeados, enquanto o banho é tomado os croquetes estão a ficar quentinhos :)



Ingredientes:
- 1 chávena de quinoa cozida
- 1 curgete ralada
- 1 colher de sopa de azeite
- 3 dentes de alho
- 1 mão cheia de coentros
- pimenta preta moída na hora
- sal
- 1 colher de sopa de parmesão ralado



Preparação:
1 - Começar por ralar a curgete e pressioná-la, espremendo, de forma a eliminar o excesso de água.
2 - Juntar a quinoa cozida à curgete ralada, o alho picado, os coentros, o azeite e o parmesão e temperar com sal e pimenta.
3 - Moldar com as mãos os croquetes e levar ao forno, pré-aquecido anteriormente a 200º durante cerca de 15min.

11 de abril de 2020

Folar de aveia e chila



Já não vinha cá há muito, desde o Natal!
Não por não ter cozinhado, mas por falta de tempo. Começa a falta de tempo e de vontade de tirar as fotos e depois de vir escrever as receitas!
O tempo... nem agora com esta situação dá tréguas!
Eu continuo a trabalhar, com máscaras que nos deixam a cara e o nariz marcados, com alergia às luvas, mas assim tem que ser! E o tempo, esse vai-se num abrir e fechar de olhos!
Chegar a casa, desinfectar tudo, ir para o banho... almoçar (lá para as 17h)... e depois telefonemas, resolver coisas... o tempo desaparece num instante!
Mas continuo a adorar cozinhar! E hoje fui para a cozinha e fiz dois folares, dividi-os e fui levar aos meus pais e aos meus avós, já que esta Páscoa é diferente e não vamos estar todos juntos :(
Apesar deste ano a Páscoa ser diferente, não pode faltar o folar... e venho-vos desejar uma boa Páscoa, dentro do possível!


Receita baseada em: sweet-gula

Ingredientes:
Para a massa:
- 1 saqueta de fermento (7g)
- 75mL de leite ou bebida vegetal
- 50g de açúcar de coco
- 150g de farinha de aveia
- 150g de farinha de trigo sarraceno
- raspa de 1 limão
- 40mL de azeite
- 1 ovo + 1 clara
Para o recheio:
- doce de chila
Para pincelar:
- 1 gema




Preparação:
1 - Aquecer a bebida vegetal, a cerca de 37º, misturar o açúcar e o fermento e mexer bem.
2 - Juntar as duas farinhas numa taça, abrir uma cavidade no centro e juntar o azeite, o ovo e a clara e a mistura do fermento. Amassar até ficar uma massa elástica.
3 - Formar uma bola com a massa, colocar numa taça e tapar com um pano. Deixar a levedar 1 hora.
4 - Colocar a massa numa superfície enfarinhada e dividir em dois rectângulos. Espalhar o doce de chila sobre metade de um dos rectângulos e depois dobrá-lo. Repetir o mesmo processo com o segundo rectângulo.
5 - Começar a enrolar um dos rectângulos por uma das extremidades. Continuar a enrolar o 2º rectângulo à volta do 1º.
6 - Colocar o folar num tabuleiro com papel vegetal, numa forma. Deixar a levedar por mais 30min.
7 - Pré aquecer o forno a 180º, pincelar o folar com a gema e levar ao forno cerca de 35min.

13 de dezembro de 2019

Gingerbread cookies


E está a chegar aquela altura do ano que tudo tem um pouquinho mais de magia!
As tuas iluminadas, os doces, as comidas típicas, as crianças desejosas de ver o Pai Natal :)
Claro que acho esta altura muito gira, excepto a parte do consumismo, dos gastos excessivos com prendas! Gosto sim da parte de estarmos em família, à volta da mesa a conversar!
Apesar de não ser fã dos doces de natal adoro as especiarias e o bolo-rainha!
Fiz estas bolachinhas para oferecer e são uma verdadeira delícia!


Aqui passamos a noite de 24 com a família de um dos lados e almoçamos no dia 25 com a família do outro lado... e vai rodando sempre!
As prendas são sempre entregues dia 24! Confesso que com as crianças não temos esperado pela meia-noite e abrimos sempre mais cedo :)
E aí, como costuma ser?


Receita baseada em: callmecupcake

Ingredientes:
- 100g de óleo de coco
- 75g de mel
- 100g de açúcar de coco
- 2 colheres de chá de canela
- 2 colheres de chá de gengibre
- 1 colher de chá de cardamomo
- 75g de creme culinário de arroz (ou natas)
- 300g de farinha sem glúten
- 1 1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
- 1 pitada de sal


Preparação:
1 - Juntar o óleo de coco, o mel e o açúcar num tacho e levar ao lume. Quando a mistura estiver derretida adicionar as especiarias. Remover do lume e deixar arrefecer por 5min. Juntar o creme culinário e mexer bem.
2 - Numa taça juntar a farinha, o bicarbonato e o sal. Adicionar os ingredientes molhados e misturar bem. Cobrir a massa e deixar no frigorífico 24h.
3 - Pré-aquecer o forno a 200º.
4 - Numa superfície com um pouco de farinha estender a massa fina. Colocar um pouco de farinha por cima e um pano rendado e depois passar com o rolo da massa. A massa tem que estar bem fina. Com cuidado, remover o pano e cortar com os moldes os biscoitos.
5 - Levar ao forno cerca de 6min. Retirar e deixar arrefecer completamente.